Entenda o que é turismo de aventura e quais os seus benefícios!

Se é para fugir da rotina, que seja em grande estilo, com registros de paisagens que vão tirar o fôlego e matar os seus amigos de inveja! O turismo de aventura vem ganhando cada vez mais adeptos e tornando-se o “famosinho” estilo de vida saudável, conectado à natureza e cheio de atrações interessantes, para qualquer pessoa que deseja se livrar do estresse e viver um pouco de adrenalina.

Você se identificou com essa descrição? É sinal de que está em busca de algo diferente para vivenciar no seu plano de viagem e, certamente, podemos ajudar com este post, explicando sobre o turismo de aventura e por que você vai voltar com muito mais riquezas, mesmo que tenha desembolsado algumas boas cifras. Vamos lá?

O que é o turismo de aventura?

O turismo de aventura envolve esportes radicais e perigosos com riscos para a vida? Não, nem pense nisso! Atividades ao ar livre colaboram para manter corpo e mente saudáveis.

Muitas pessoas desconhecem a essência do turismo e dos esportes de aventura e ignoram que por trás de cada atividade há profissionais altamente capacitados para acompanhar e orientar sua prática para proporcionar sensações de liberdade e encantamento diante da superação de limites.

O mais legal no turismo de aventura é que a palavra “rotina” não faz parte do vocabulário e, mesmo que você se programe para passar um período longo em determinada região, cada dia a natureza oferecerá um espetáculo diferente. Logo, sua percepção do mundo vai mudando e se transformando.

Em atividades ao ar livre todos os dias o sol promove um espetáculo diferente ou um pássaro vem desejar bom dia com um canto especial. Também é possível sentir a brisa gostosa no rosto com uma vibe bem diferente do que é habitual nos grandes centros urbanos, com a poluição e outros problemas recorrentes.

Quais os benefícios do turismo de aventura?

O turismo de aventura é um divisor de águas na vida de quem o pratica, pois desde o início já é possível perceber uma mudança drástica nos hábitos e na personalidade da pessoa. Você tende a se tornar um sujeito mais zen, mais motivado e, acima de tudo, mais saudável.

Parece exagero, mas como não voltar para a rotina com a vida transformada depois de superar limites pessoais e conhecer as maravilhas da natureza em atividades radicais? Voos de parapentes, trekking em trilhas de longo percurso, rafting em corredeiras, rapel em cachoeiras, escalada em paredões e muito mais.

Onde praticar no Brasil?

Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina reúne exuberância e aventura entre grutas, cachoeiras e trilhas, sendo um destino incrível para quem deseja passear por um dos maiores portais de ecoturismo do Brasil. É possível acampar e também passar pelas cidades históricas, com riquezas gastronômicas e povo hospitaleiro.

Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR)

O parque que está localizado entre as cidades de Apiaí e Iporanga, em São Paulo, tem um complexo com mais de 350 cavernas, uma infinidade de cachoeiras e trilhas e, por isso, é considerado um verdadeiro paraíso escondido em meio à Mata Atlântica.

Como se não bastasse, o lugar promove uma verdadeira aula de cultura, preservando as comunidades quilombolas e tradicionais, além dos sítios arqueológicos e paleontológicos, fazendo jus ao rico patrimônio da humanidade.

Serra da Moeda – Voo de Parapente

Você já percebeu que o turismo de aventura é dinâmico e diversificado? É assim mesmo! É um universo que oferece opções para todos os gostos, desde uma simples caminhada até o mais radical dos esportes, como o parapente — voo livre que na Serra da Moeda tem aproximadamente 1.500m de altitude podendo-se voar a uma altura de 700m acima da cordilheira, chegando a 2.200m de altitude máxima permitida pelo nosso espaço aéreo.

Para quem gosta de postagens nas redes sociais no melhor estilo “se não for para causar, eu nem vou”, essa é uma aventura e tanto! Você certamente vai ter aquela sensação de borboletas no estômago, permitindo-se avistar uma das serras mais bonitas do país.

Rafting no Rio Iguaçu

Se o voo livre não for o eleito da vez, desça as corredeiras do Rio Iguaçu em botes infláveis e torne-se expert em Rafting — atividade radical que é adrenalina pura. Essa é a garantia de uma vista fabulosa das famosas Cataratas do Iguaçu e, é claro, de muitas histórias para contar aos amigos.

Serra do Cipó

Além de escalada, trilhas e um complexo maravilhoso de cachoeiras, a região conta também com a Avis Rara Paraquedismo, onde rolam saltos duplos e cursos de paraquedas, outra modalidade tão irada quanto o parapente.

Qual é o perfil do viajante?

O viajante de aventura não deseja apenas “turistar”, mas estabelecer uma conexão com a natureza e o lugar escolhido. Normalmente, são pessoas que desejam ir muito além das suas limitações, mesmo que o medo seja um companheiro inconveniente.

Aliás, é importante salientar que, para os esportes de aventura, o medo é um aliado da segurança e devemos chamá-lo também de prudência. Ele impede que o amadorismo e as atitudes intempestivas ultrapassem o limite da razão e do bom senso.

O perfil do viajante de turismo de aventura é aquele que deseja viver intensamente de forma saudável e em busca dos melhores registros para compartilhar com os amigos. É fato que pessoas felizes e cheias de histórias para contar são muito mais interessantes!

O que levar em uma viagem de aventura?

A bagagem do viajante de aventura depende do destino e da programação, mas há itens essenciais, como:

  • bolsa impermeável;
  • lanterna de cabeça;
  • saco de dormir;
  • repelente;
  • meias;
  • protetor labial;
  • agasalho;
  • um bom calçado para manter os pés confortáveis e aguentar a trip.

Ah! E não se esqueça de levar na bagagem da existência, a alma e o coração abertos para tudo que a natureza tiver a oferecer!

Como se preparar para uma viagem de aventura?

Antes de colocar o pé na estrada, pesquise sobre o seu destino e o que terá de interessante para fazer lá. Isso evita dias de tédio e frustração por ter sido uma escolha impensada.

Se sua viagem for para atividades que vão exigir maior esforço físico, respeite o seu corpo e exercite previamente os músculos que serão utilizados. Dessa forma você até poderá sentir cansaço, mas acima de tudo, imenso prazer pelas conquistas e superação de limites.

Não viaje sem documentos e uma quantia em dinheiro, mesmo que você esteja indo para o meio do mato. Nunca se sabe ao certo quais são as necessidades durante o período. Preocupe-se também com a alimentação antes, durante e depois da jornada, para dar ao organismo a resistência necessária.

Das várias alegrias que o turismo de aventura proporciona podemos citar uma mudança forte nos hábitos — comportamentais e até alimentares — com considerável aumento da autoestima, sensação de bem-estar e relaxamento, conexão e harmonização com a natureza ou até mesmo novos elos sociais, afinal, o mundo passa a ter mais brilho e cor.

Que tal experimentar esse novo estilo de vida?! Se você gostou deste post sobre o turismo de aventura e deseja uma experiência incrível para sua vida, então siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar toda a agenda e nossas atualizações: estamos no Facebook, no Twitter e no Instagram!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *